Carlos Augusto Guimarães

Morre professor Carlos Augusto Guimarães

Faleceu nesta sexta-feira, 05 de abril, o professor Carlos Augusto Guimarães, de 81 anos. Um pioneiro de Ibiporã que ajudou a construir o município. Em nota, a direção da Escola Municipal Professor Carlos Augusto Guimarães – em nome de toda equipe de professores, funcionários e pais de alunos – informou e prestou condolências à morte do professor.


“É com extremo pesar que a diretora da Escola Municipal Professor Carlos Augusto Guimarães, Marly Pelizer Machado, juntamente com professores, funcionários e pais de alunos informam o falecimento do professor Carlos Augusto Guimarães, patrono desta instituição de ensino. Deixamos com a família nosso sentimento de solidariedade e pêsames”.

O velório será realizado na Capela Mortuária de Ibiporã, a partir das 16 horas desta sexta.


Conheça um pouco da história do professor Carlos Augusto

Professor Carlos Augusto Guimarães nasceu no dia 21 de novembro de 1931. Natural de Leopoldina (MG), encravada entre as montanhas da Zona da mata Mineira. Aos 18 anos mudou-se para Ibiporã, chegando ao município no dia 08 de fevereiro de 1950, para trabalhar como prático de farmácia, na antiga Farmácia Paraná.

Em 1957, foi nomeado professor – era comum nomear pessoas com algum conhecimento, a fim de atender a demanda de crianças em idade escolar. Na época não havia curso próprio para magistério e não existia o curso ginasial, então, foi imediatamente nomeado.

Trabalhou seis anos no Grupo Escolar Francisco Gutierrez Beltrão em parceria com a professora Iraci Salinet. Criaram o Curso de Admissão, que era um pequeno vestibular para ingressar no Curso Ginasial. Em 1959, começou a lecionar no curso ginasial, pois havia iniciado seus estudos no Ensino Médio e ainda não existiam professores diplomados em curso superior.

No ano seguinte, Guimarães fez um curso de um mês com professores especializados do Colégio D. Pedro II para continuar na profissão (exigência do Ministério da Educação).

Em 1960, ingressou na PUC de Curitiba no curso de Direito, entretanto, não chegou a completá-lo. Só então fez faculdade em línguas anglo-portuguesas e, através de concurso público, permaneceu atuando como professor até a aposentadoria em janeiro de 1990.

Fonte: Wellington Victor, com informações do Núcleo de Comunicação da PMI
Materia:Portal  Tudo Ibiporã

Nenhum comentário:

Mantenedores do Blog:

Cachone - Ivan Petrovitch - Jorge Roberto Gonsalves - Rabinoo - Paladino - John Play - Kátia Midori - Antunes Savas - Umberto Bogart - Ernesto Kramer - Carmelo Zapala Giufrida - Paulo Menten - Fabio Evans - Gilmar Buki - Sergio Paulo Costa