Sentimentos de Primavera -

Ingrime a estrada; 

à montanha, crispam-se escarpas 

Áspera a via; sem ti, mais árduo é o caminho, 

Vejo o degelo, chega-me o som de tuas rimas,longe. 

À neve dos picos, tua imagem de jade

Vinho ordinário, pobres canções não te apresem 

Nem, com fúteis parceiros, pernoites ao jogo

Forjado em pinus, não pedra, dure este voto:

aves, voaremos em par; o encontro se apresse

Mesmo se, ao pleno inverno, este dia atravesse,

torno à mais cheia lua, de novo me envolvas

Parto, e tudo o que tenho a te dar são despojos:

este poema, lágrimas, luz de viés


   Yu Xuanji, poetisa chinesa - Enviado a Zi'an


Nenhum comentário:

Mantenedores do Blog:

Cachone - Ivan Petrovitch - Jorge Roberto Gonsalves - Rabinoo - Paladino - John Play - Kátia Midori - Antunes Savas - Umberto Bogart - Ernesto Kramer - Carmelo Zapala Giufrida - Paulo Menten - Fabio Evans - Gilmar Buki - Sergio Paulo Costa